História
História
Quinta do Vale Dona Maria
Quinta Vale D. Maria

A Quinta Vale D Maria é uma propriedade muito antiga e que, quando nos chegou às mãos, estava reduzida a uma dimensão de 19 hectares, plantada com 10 hectares de vinhas velhas com mais de 50 anos. Situada no vale do Rio Torto virada a sul / sudeste, no coração da Região de Demarcada do Douro pertence à família da minha mulher Joana há mais de 200 anos.

Os documentos oficiais do registo de propriedades mencionam que, em 1868, a Quinta Vale D. Maria foi registada no nome do trisavô da actual proprietária, José António Teixeira de Carvalho Vaz e Sousa, que para tal apresentou documentos provando que a posse desta quinta por parte da sua família vinha de muito antes.

Em 1973 a Quinta foi arrendada a uma companhia de Vinho do Porto, pertencente ao Grupo Symington. De acordo com Chantal Lecouty em  «Le Porto» (Éditions Robert Lafont S.A., Paris, 1989), os vinhos da Quinta foram utilizados para produzir alguns dos melhores Portos da marca Smith Woodhouse, firma pertencente ao Grupo.

Fall colours
Outono noVale D. Maria

A Quinta Vale D. Maria encontrava-se num estado de relativo abandono (a parte imobiliária totalmente em ruínas), com excepçãoo da parte vitícola, única parte da qual os anteriores arrendatários eram responsáveis e à qual dedicavam os seus esforços. Naturalmente o primeiro passo foi fazer um plano de recuperaçãoo total da Quinta, iniciado com um trabalho tremendo de recuperaçãoo e garantia de sobrevivência das velhas cepas: a qualidade das vinhas demonstrava um potencial extraordinário.

Horse plowing
Lavoura tradicional
no Vale D. Maria

Tendo tomado controlo sobre a produçãoo a 1 de Setembro 1996, tudo o que se podia fazer então era estudar que espécie de vinhos a Quinta Vale D. Maria poderia produzir. A vinha tem aumentado. Ou por novas aquisiçõees, ou por arrendamentos a longo prazo de propriedades vizinhas, a Quinta Vale D. Maria conta hoje já com cerca de 28 hectares de vinhas, dos quais 14 hectares com vinhas com mais de 60 anos, 9 hectares com vinhas com 25 anos e os restantes 5 hectares com vinhas plantadas entre 2004 e 2007.

Em 1997 também começámos a reconstruir os vários edifícios da Quinta: um velho cardenho foi transformado numa casa de hóspedes, os velhos lagares foram totalmente reconstruídos e uma nova adega ficou pronta em 2001; os tradicionais armazéns do Vinho do Porto foram recuperados e estão agora a funcionar na sua plena capacidade.

Old vats
Armazém de
Vinho do Porto

As colheitas de 1997 e seguintes, vieram confirmar o potencial da excelente qualidade da Quinta Vale D. Maria.

Estamos agora a reforçar o nosso conhecimento e a desenvolver a qualidade de nossas vinhas e técnicas de produçãoo. O grande conhecimento sobre a tradicional produçãoo de Vinho do Porto (pisa em lagar), combinado com as técnicas mais modernas de vinificaçãoo em cubas de aço inoxidável e sistemas de controlo de temperatura, faz a diferença.

O novo centro de vinificaçãoo foi construído para permitir aos nossos vinhos reflectirem todo o seu potencial: há 4 lagares de pedra de granito com controlo de temperatura, aos quais está acoplado um robot de última geraçãoo; 6 cubas em inox de vinificaçãoo em tinto e 3 em branco, todas com temperatura controlada, remontagem automática ou manual, duas das quais serãoo equipadas com pisadores automáticos; uma prensa vertical de sistema tradicional, mas com a última tecnologia incorporada. Todos estes tanques e lagares foram projectados para comportar um máximo de 5.000 kgs de uvas, seu múltiplo ou submúltiplo, a produçãoo média de um hectare de cepas.

New vinification center
Novo centro de vinificação

Tanto no caso dos Vinhos do Porto de envelhecimento em garrafa, Vintage LBV e Reserva, como no caso dos Tintos do Douro Quinta Vale D. Maria, todos os nossos vinhos são não filtrados (como todos os vinhos, estes sofrem sómente uma muito ligeira filtraçãoo de segurança antes do engarrafamento). Isto assegura a manutençãoo de todo o seu potencial de envelhecimento em garrafa. Isto assegura também que toda a fruta excepcional que nós procuramos para os nossos vinhos está presente em todos os momentos do seu envelhecimento.

Logo desde o primeiro vinho da Quinta Vale D. Maria, o da colheita de 1997, que o potencial das nossa vinhas se vem manifestando de uma forma excepcional, em cada ano mostrando que a enorme diversidade de castas, aliadas à diversidade de terrenos, exposições solares e altitudes, bem como a conjugalãoo de saberes enológicos seculares e da mais actual modernidade, são os factores primordiais para a produção de um vinho único, irrepetível e inimitável em cada colheita.

O reconhecimento internacional, comprovado pelas "notas" que sãoo atribuidas pelos melhores e mais conceituados críticos internacionais da actualidade ao vinho da Quinta Vale D. Maria, bem como pela realidade da exportaçãoo de cerca de 80% da produção anual a um preço médio 5,4 vezes superior à média da região e para mais de 50 clientes em 26 países, são motivo de orgulho e satisfaçãoo mas um constante desafio, que mantemos e ampliamos a todo o momento.

Quinta Vale D. Maria, Julho 2012

Cristiano van Zeller

Find us on Facebook


Copyright © 2012
Lemos & van Zeller, Lda.