O website da Quinta Vale D. Maria recorre a cookies para otimizar a sua experiência de navegação. Ao navegar no nosso website, estará a concordar com a nossa Política de Privacidade e Política de Cookies.

pt
Deve ter idade legal para entrar neste site.
Ao clicar em entrar, está a confirmar que tem a idade legal para consumir bebidas alcoólicas no seu país.

Quinta Vale D. Maria Vintage Porto

2017

Nos Vinhos do Porto Quinta Vale D. Maria a vinificação é feita de forma tradicional, com pisa a pé em lagares de granito. Todos os Vinhos do Porto são produzidos com o mesmo cuidado e dedicação, de forma a criar vinhos da mais alta qualidade.  Mantemos assim a mesma filosofia para os nossos Vinhos do Porto que para os restantes vinhos: a obtenção de um carácter único. Desde o início do projeto na Quinta Vale D. Maria, produzimos Vinhos do Porto Vintage, LBV e Reserva, todos de uma só colheita.

A seleção das vinhas foi feita com base no conhecimento de produção de Vinho do Porto ao longo de várias gerações. Cada uma das parcelas, plantadas com várias castas indígenas e com exposição a Sul maioritariamente, apresenta idades que variam entre os 25 e os 60 anos de idade. Estas vinhas permitem criar Vinhos do Porto com complexidade, profundidade, aroma e estrutura, que representam um tempo e um lugar.

2017
Wine Enthusiast: 94 pontos
Robert Parker: 94 pontos
Wine Spectator: 96 pontos
2016
Robert Parker: 95 pontos
2015
Wine Spectator: 93 pontos
2014
Wine Spectator: 92 pontos
Robert Parker: 91 pontos
2011
Wine Spectator: 96 pontos
Robert Parker: 93 pontos
Wine Spectator: 96 pontos
2009
Wine Spectator: 93 pontos
Wine Enthusiast: 95 pontos
2007
Wine Spectator: 95 pontos
Wine Enthusiast: 90 pontos
2003
Wine Spectator: 94 pontos
2002
Wine Spectator: 93 pontos
2001
Wine Spectator: 95 pontos

2017 caracterizou-se por um ano extremamente seco e quente. O ciclo vegetativo adiantou-se significativamente, fazendo com que a vindima na Quinta Vale D. Maria se tenha iniciado no dia 21 de agosto com as uvas brancas, e a 26 de agosto com as uvas tintas. Esta foi a vindima mais precoce de quem temos memória. Em 2017 não houve muita precipitação. Durante os meses de junho, julho e agosto registaram-se temperaturas muito elevadas, o que levou a um forte stress hídrico, térmico e luminoso, o que condicionou a produção da videira. Ainda assim, verificou-se um aumento de produção face a 2016, mesmo não tendo havido o aumento inicialmente esperado. No nosso tapete de escolha, houve muito pouca rejeição de fruta, dado 2017 ter sido um ano de muito boas condições fitossanitárias. A concentração nos bagos, devido ao calor e à falta de água durante o período de maturação, acelerou o amadurecimento e resultou em mostos de grande complexidade e qualidade.

Origem das uvas: Um blend de mais de 25 castas tradicionais do Douro, com predominância da Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz e Tinta Barroca, procedentes das vinhas velhas e das plantações mais novas da Quinta Vale D. Maria. Com idades entre os 25 anos e superiores a 60 anos, as vinhas têm exposição Sul, Sudeste, Sudoeste, Nascente e Poente.

Vinificação e envelhecimento: As uvas foram pisadas a pé em lagares tradicionais de granito, antes da fermentação, juntamente com 15% do total de aguardente que seria adicionado ao Vinho do Porto. Isso permite macerar as uvas em temperaturas mais baixas e por um período mais longo. A fortificação é feita num único momento, adicionando a aguardente restante quando o mosto está pronto a fortificar. Segue-se a pisa a pé, de forma a garantir uma boa homogeneização do vinho inteiro e a paragem da fermentação. O vinho é então colocado em cascos de carvalho e castanho, e transferido para cubas de aço inoxidável durante os meses mais quentes. Após 21 meses de envelhecimento, fazemos o blend para o engarrafamento.

Notas de prova: O Quinta Vale D. Maria Vintage Porto 2017 tem uma cor púrpura muito profunda. A fruta é negra, madura e suculenta, com notas de chocolate amargo, figos e ameixas. O vinho é denso, concentrado e com um final seco, pois os taninos estruturados equilibram a sua doçura. É tenso com um final delicado, sedutor e impressionante. Um ótimo ano de Porto Vintage, adequado para beber agora ou envelhecer por mais 50 anos.

Idealmente, gostamos de harmonizar com chocolate negro, petit gâteau, cheesecake e queijos.

Detalhes Técnicos

Acidez Total
4,96 g/l
Teor Alcoólico
20,0 % vol
Açúcares totais
0,6 g/l
pH
3,44
Engarrafamento
Junho 2019 - 6,500 garrafas de 75cl e 150 Magnums

Enólogos

Cristiano van Zeller
Joana Pinhão
Manuel Soares

Ficha técnica

download pdf

Conheça mais vinhos na nossa enoteca

ver mais vinhos